segunda-feira, 16 de março de 2009

Shocking Blue

Shocking Blue

O Shocking Blue foi criado em 1967 pelo guitarrista Robbie Van Leeuwen, que fazia parte de uma banda de rock, The Motions. Eles são holandeses e o nome da banda foi inspirado por uma música de Eric Clapton chamada "Electric Blue". Em 1968 o vocalista era Fred de Wilde e foi substituído por Mariska Veres. A banda tinha como componentes:
Robbie Van Leeuwen (guitar, sitar)
Mariska Veres (lead vocal)
Klaasje Van Der Wal (bass)
Cornelis Van Der Beek (drums)
Eles combinaram elementos psicodélicos com o rock e blues em suas músicas. Muitos os conhecem por apenas o grande sucesso "Vênus", que foi a única música que ficou em primeiro lugar na Billboard americana e foi novamente número um da Billboard americana outras duas vezes: em 1981, na versão da banda Stars, e em 1986, interpretada pelo grupo feminino Bananarama. No final da década de 80, o Shocking Blue também serviu de inspiração para o Nirvana, que fez uma versão de "Love Buzz" em Bleach.
O Shocking Blue hoje em dia, infelizmente, é colocado na categoria dos chamados “one hit wonders”, ou seja, aqueles artistas de um sucesso só. Seu maior hit, a célebre “Venus”, é tão marcante que obscureceu tudo mais o que eles fizeram. Para outros, o Shocking Blue é aquele grupo que compôs “Love Buzz”, uma das primeiras gravações comerciais do Nirvana. Não interessa qual seja sua referência. O fato é que o quarteto holandês foi um dos melhores grupos de pop/rock do começo dos anos 70. Todo mundo conhece “Venus”, mas a história do grupo hoje em dia ainda é envolta em certo mistério.

O Shocking Blue foi criado em 1967 por Robbie Van Leeuwen, que há um tempo batalhava na cena beat holandesa. Também faziam parte o baterista Cor Van Beek, o baixista Klaassje van der Wal e o cantor Fred de Wilde. Em 1968, o grupo assinou com o selo Pink Elephant e lançou o single "Lucy Brown Is Back In Town", que fez um sucesso moderado.
Logo depois, o empresário foi a uma festa que estava sendo animada por uma banda chamada Bumble Bee, cuja cantora era uma beldade exótica chamada Mariska Veres. Não demorou muito para que os produtores do Shocking Blue a convidassem para substituir o cantor Fred de Wilde. Sua voz e visual lembravam Grace Slick (Jefferson Airplane), embora o Shocking Blue não tivesse muita coisa de acid rock em seu som. A chegada de Mariska trouxe novos elementos à banda, que juntava soul, R&B, country e até timbres de música oriental.
No final de 1969, a banda gravou a música que faria sua fama e fortuna. “Venus”, escrita por Robbie Van Leeuwen, trazia um refrão de violão inesquecível, sem dúvida inspirado na recente “Pinball Wizard”, do The Who. A voz rouca de Mariska confundiu muita gente, que não sabia se o vocal era de homem ou de mulher. A música chegou ao terceiro lugar da parada holandesa e foi sucesso nos quatro cantos do planeta.
E foi primeiro lugar também nos Estados Unidos, um fato importantíssimo, já que nenhum outro grupo europeu (exceto Inglaterra, é claro) tinha conseguido isso. Imediatamente, lançaram o álbum At Home, que continha “Venus” e “Love Buzz”, que anos mais tarde iria fazer a cabeça de Kurt Cobain.
O Shocking Blue seguiu lançando excelentes singles, que fizeram enorme sucesso na Holanda, no resto da Europa e Japão, como “Mighty Joe”, “Never Marry a Railroad Man”, "Hello Darkness”, “Shocking You”, “Long Lonesome Road”, “Blossom Lady” e “Inkpot”. Mas o quarteto nunca mais voltou a fazer sucesso nos Estados Unidos.
O começo dos anos 70 foram de incrível atividade para a banda, que excursionou por todo o Velho Continente, Japão, Indonésia e Hong Kong. Mas o cansaço tomou conta, e aos poucos ela foi se fragmentando. Em 1971, o baixista Klasssje pedia a conta. Dois anos depois, o líder e compositor Robbie Van Leeuwen abandonava o barco. Mariska continuou por algum tempo, até que, em 1974, o Shocking Blue já não existia mais.
Mariska lançou alguns discos solo, que infelizmente seguiam pela linha do europop brega e não condiziam com seu talento. Algumas curiosidades sobre a moça: pouca gente sabe, mas aquele cabelão todo era peruca. Ela era tímida e se sentia incomodada com a pecha de sex simbol. Não curtia o mundo de sexo e drogas e, até onde se sabe, nunca casou. A morena, arredia e anti-social, recentemente comentou numa entrevista: “Eu era apenas uma boneca pintada, ninguém podia me alcançar. Hoje em dia estou muito mais aberta às pessoas”.
Depois de anos na obscuridade, o pessoal do Shocking Blue voltou na metade dos anos 80 para alguns shows nostálgicos muito bem recebidos, onde até tocaram músicas do Jefferson Airplane.
A reunião com os membros originais não durou, mas Robbie Van Leeuwen permitiu que Mariska continuasse usando o nome Shocking Blue. Ela seguia na ativa, cantando “Venus” e outras pérolas da época.
O selo alemão Repertoire relançou todos os álbuns do Shocking Blue no formato dois em um, tendo também em seu catálogo algumas excelentes compilações. Imperdível mesmo é o DVD Hits Around The World, que saiu pelo selo holandês BR Music. O DVD tem clipes, aparições de TV e um documentário que registra a tour mundial no começo do anos 70, além de aparições solo de Mariska.
Mariska Veres, vocalista do Shocking Blue, faleceu no dia 02/12/06 de câncer, aos 59 anos.

Fonte: Rockpress


Shocking Blue - 1969 - At Home

01. Boll Weevil
02. I'll Write Your Name Through The Fire
03. Acka Raga
04. Love Machine
05. I'm A Woman
06. Venus
07. California Here I Come
08. Poor Boy
09. Long And Lonesome Road
10. Love Buzz
11. The Butterfly And I

Bonus Tracks
12. Harley Davidson
13. Fireball Of Love
14. Hot Sand
15. Wild Wind

Shocking Blue - 1970 - Scorpio's Dance

01. Scorpio's Dance (First Movement)
02. Alaska Country
03. Sally Was A Good Old Girl
04. Daemon Lover
05. Scorpio's Dance
06. Little Cooling Planet
07. I Love Voodoo Music
08. Seven Is A Number In Magic
09. Keep It if You Want It
10. Water Boy

Bonus tracks
11. Send Me A Postcard
12. Mighty Joe
13. Hello Darkness
14. Pickin' Tomatoes

Shocking Blue - 1971 - Third Album

01. Shocking you
02. Velvet heaven
03. Love sweet love
04. I saw your face
05. Simon Lee and the gang
06. Serenade
07. Don't you see
08. The bird of paradise
09. Moonlight night
10. Sleepless of midnight
11. I follow the new sun

Bonus tracks
12. Never marry a railroad man
13. Roll engine roll
14. Waterloo
15. Blossom lady
16. Is this a dream?
17. Poor boy, long version


Shocking Blue - 1971 - Inkpot + 1972 - Attila

Inkpot - 1971

01. I Ain't Never
02. Navajo tears
03. Shadows
04. Blue Jean
05. Jambalaya
06. Inkpot
07. Tobacco Road
08. Hey
09. Who save my soul
10. Red leaves I + II
11. The queen
12. I melt like butter

Attila - 1972

13. Rattler
14. Never release the one you love
15. A waste of time
16. Wait
17. The devil and the angel
18. Rock in the sea
19. I've spent my money
20. Will the circle be unbroken
21. Early in the morning
22. I built my world around you
23. Don't let your right know
24. Broken heart

Bonus tracks
25. Out of sight out of mind
26. I like you
27. Give my love to the sunrise
28. Eve and the apple
29. When I was a girl
30. Everything that's mine
31. I saw you in June


Shocking Blue - 1973 - Dream On Dreamer
Dream On Dreamer - 1973

01. Time slips away
02. Dowee dowee
03. So far from home
04. Take your time
05. A little bit of heaven
06. Now he's gone
07. Diana in her dreams
08. Just a song
09. In my time of dyin'
10. Wild rose
11. Save your love
12. Devil's suite

Good times - 1974

13. Good times
14. You'll come
15. My life
16. Morning sun
17. Loving girl
18. Beggin'
19. This America
20. Nashville rebel
21. Ball of confusion
22. Mississippi Delta
23. I won't be lonely long
24. Come my way

Bonus tracks
25. Dream on dreamer
26. Where the pick-nick was
27. Get it on

Shocking Blue - 1990 - 20 Greatest Hits

01. Venus
02. Mighty Joe
03. Never Marry A Railroad Man
04. Hello Darkness
05. Shocking You
06. Blossom Lady
07. Inkpot
08. Rock In The Sea
09. Send Me A Postcard
10. Long Lonesome Road
11. Out Of Sight Out Of Mind
12. Oh Lord
13. This America
14. Good Times
15. Gonna Sing Me A Song
16. Love Is In The Air
17. Lucy Brown Is Back In To
18. Eve And The Apple
19. Let Me Carry Your Bag
20. Dream On Dreamer

Shocking Blue - Best Of

01. Venus
02. Hot Sand
03. Deamon Lover
04. Never Release The One You Love
05. Blossom Lady
06. Shocking Yoe
07. Long Lonsome Road
08. Never Merry Railroad Man
09. Mighty Joe
10. California Here I Come
11. Inkpot
12. Time Slips Away
13. Out Sight Out Of Mind
14. Send Me A Postcard
15. Hello Darkness
16. Navajo Tears

Shocking Blue - 1997 - Singles A's & B's

Singles A's

01. Venus
02. Mighty Joe
03. Send Me A Postcard
04. Long And Lonesome Road
05. Never Marry A Railroad Man
06. Inkpot
07. Rock In The Sea
08. Dream On Dreamer
09. Hello Darkness
10. Shocking You
11. Sally Was A Good Old Girl
12. Blossom Lady
13. Out Of Sight
14. Eve & The Apple
15. Let Me Carry Your Bag
16. Oh Lord
17. This America
18. Good Times
19. Gonna Sing Me A Song
20. The Jury And The Judge
21. Body And Soul
22. Love Is In The Air
23. Lucy Brown Is Back In Town


Shocking Blue - 1997 - Singles B's

01. Roll Engine Roll
02. Pickin Tomatoes
03. Waterloo
04. Harley Davidson
05. Fireball Of Love
06. Hot Sand
07. Wild Wind
08. Keep It If You Want It
09. Give My Love To The Sunrise
10. I Saw You In June
11. Is This A Dream
12. I Like You
13. Broken Heart
14. When I Was A girl
15. In My Time Of Dyin
16. Everything Thats Mine
17. Where The Picknick Was
18. I Won't Be Lonely Long
19. Come My Way
20. Get It On
21. I Am Hanging On To Love
22. Angel
23. What You Gonna Do
24. Fix Your Hair Darling

Informações e Links por email - Aqui

Information and links via email -
Here

Um comentário:

Anônimo disse...

Silvia, muito obrigado por nos proporcionar tão grandes momentos. Parabéns pelo blog e pelo carinho nas respostas aos e-mails. Grande abraço.
Antônio